"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Nenhum de nós

 (FC -  letra, 2013)

As cordas, FC, 2010 ( edição: Gimp)

Lua negra
Noite chora
Todos os sonhos foram embora -
Embora, eu não saiba dizer,
Por quê?

Um sorriso, mais juízo.
Já não sei o que é preciso para nos confortar:
Nenhum de nós aprendeu a amar?

O mar que nos alimenta
É o mesmo que nos castiga em tormentas
E não há barcos ou salva-vidas,
Resta-nos curar, sós, as feridas,
Sem naufragar, sem naufragar...
Deixarmos de nos perder
Apenas, por querermos nos encontrar.

Lua negra
Noite chora
Todos os sonhos foram embora -
Embora, eu não saiba dizer,
Por quê?

Um sorriso, mais juízo.
Já não sei o que é preciso para nos confortar:
Nenhum de nós aprendeu a amar?



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo