"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

sábado, 17 de dezembro de 2016

Elos perdidos.

Foto: 2016
Não existe nenhuma corrente que nos prenda ao passado, a não ser aquela que nós mesmos nos atamos.
FC


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo