"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Atos.

" Ki" (desenho / edição : Fênix, 2012).

" Se praticas a obra
- Sempre haverá justa medida -
É do cosmos que retorna
Toda benção pela Vida."

4 comentários:

FÊNIX CRUZ disse...

Obrigada, Manoel Francisco. Você é bombeiro? Ser bombeiro é mesmo motivo de muito orgulho. Eu me orgulho de tê-lo comigo! Um grande abraço para você e para todos esses homens que se arriscam por nossas vidas! Bem-vindo às nossas...

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Penso que tudo
é uma ida
e um retorno
ao amor...


Que sempre existam
sonhos a habitar teu coração.

FÊNIX CRUZ disse...

Olá Aluísio! Penso que o que se faz para alguém que se diz amar não se cobra de forma alguma: como esperar certos sentimentos, nem mesmo a gratidão.
O verdadeiro amor não aprisiona o Outro nas teias intermináveis das cobranças, não contabiliza. Contudo, o que se faz volta de uma forma ou de outra. Ninguém que tenha boas intenções deve se preocupar pois, alguma força - uma energia inominada - sempre parte de algum lugar para proteger quem é verdadeiro em suas ações. Nós chamamos de Deus, mas essa força positiva pode ter o nome que se escolher, desde que o sentimento positivo seja UM. Não é o Nome que a invoca. É o seu significado. Estou feliz por estar comigo ainda, amigo. desculpe-me pelos meus últimos contratempos.

FÊNIX CRUZ disse...

Estamos aqui, querida Luciana. Bem-vinda outra vez. Sempre. Um beijo!

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo