"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

domingo, 20 de junho de 2010

Quem é AMADO não morre.

 Desenho: O que brilha de novo no Céu. Fênix, 2010
Ser Amado.
Saramago.
SarAmado.


SarAmado.

Ouro das terras...
Luz na Ibéria de Reis:
Majestade não morre,
Apenas, se recolhe.


 Desenho: SARAMADO. Fênix, 2010


Ser Amado: para sempre dentro de nós, Saramago.
 Do Engenho - com Carinho.

3 comentários:

KaRa disse...

Good...!

Juci Barros disse...

Imortal de direito, por merecimento. Quem dá vida em palavras é vida, e carregam todo o sentido do PRA SEMPRE.

FÊNIX CRUZ disse...

É verdade, Ju. Por merecimento: e sabemos o quanto isto hoje é difícil, pois o mundo está repleto de "Celebridades" pré-fabricadas. Temo o futuro. Estamos ficando órfãos. Será que estou sofrendo sem razão? Será que estou sendo muito radical?

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo