"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

quarta-feira, 11 de março de 2009

O Mestre de Todos.


Cada ser humano tem um encanto.

Nenhum merece mais ou menos

Então, acalanto... 

Planto sementes... 

Colho alma de flores: 

Protejo as que serão frutos! 

Finjo não perceber os brutos 

Nem os dissabores que espalham, 

Quando enrigessem suas mentes 

E se fazem serpentes 

Ao dissimular o Paraíso...

Apenas, acolho com um sorriso. 

E recolho das Fendas do Chão - 

Tão castigado -, 

O que restou dos grãos... 

Porque NINGUÉM é tão pobre 

E NINGUÉM é tão rico! 

Só o que lhes digo 

É que move o TEMPO mil ponteiros! 

Para coração mais ligeiro, 

Não demora, um deles há de Revelar... 

Sutilmente, ensinar... 


Fênix Cruz (FC)

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo