"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

sábado, 31 de janeiro de 2015

Primeiro Choro


A sua poesia cantada
Anunciada com alegria,
Reinicia o ciclo da Vida...

A Vinda do novo é só expectativas.

A face,
As fases, 
A base.

Os fluxos que invalidam as linhas:
Minha força será a guia
Que nos alia a esse amor.

Tem valor o dia-a-dia...

A base,
As fases,
A face.

Que a virtude finque a bandeira,
Da ladeira perigosa, o afaste.
Da haste fixa à terra - rumo ao infinito...

Permito-me apostar no seu grito.




 


Um comentário:

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há quanto tempo...

Além de recolher a inspiração
deste maravilhoso espaço
de sentimentos e reatar a amizade,
aproveito a visita para convidá-la
a partilhar a alegria,
de ouvir um poema de minha autoria
musicado em Minas Gerais.

O mesmo se encontra no meu blog
www.sonhosdeumprofessor.blogspot.com.br

e para mim,
ter este poema
escutado por pessoas
que fazem do mundo virtual,
um mundo melhor,
será um tributo a felicidade.

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo