"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

sábado, 10 de abril de 2010

Subliminares...

Desenho: Fênix Cruz / 2010 - As Fendas no tempo...
Rouba-me o tempo
Outro tempo - que não é meu.
Tempo que me é estranho
Ao ritmo que corteja a Vida,
Aquele que desumaniza
Todo o sonho - em qualquer idade -,
E condena outros valores
Aos padrões: à vulgaridade.
Na fuga dessas horas
Que tendem ser infinitas,
Rezo por ir embora:
Vertigem insana de cativa!
Śó há ilusão na liberdade...
Só, faço primaveras.
E verso no verso do Mundo
Sob os escombros de veladas guerras.
E, quais ênfases devo dar ao meu lamento,
Se milhões, em silêncio, 
Compartilham do mesmo tormento?
Embora eu saiba, insisto e pergunto:
Quantos "ismos" ainda surgirão
Prometendo-nos um futuro,
Erguendo outros tantos 
E invisíveis muros?

Ateio fogo aos Jornais.
Faço-me alheio - para não sofrer demais.
Enquanto a velocidade,
Sem freios, reorganiza os seus iguais:

O tempo que me foi roubado não retornará jamais.

Fênix...


 Fênix /2010
   
Persistências ( Fênix, 2009)


Referências( Fênix, 2010)

2 comentários:

Cia. De Teatro Atemporal disse...

Olá, Fênix!

A Cia. De Teatro Atemporal lhe dá parabéns pelo seu excelente Blog!

Desejamos que a cada dia e a cada momento este espaço cresça mais e mais!

Muito obrigado por nos seguir e com honra, estamos te seguindo também!

Sempre que precisar, estamos a disposição!

Receba um abraço bem forte o eterno carinho da Cia. De Teatro Atemporal!

Clemente.

Cia. De Teatro Atemporal.

Rio de Janeiro, RJ - Brasil.

FÊNIX CRUZ disse...

Recebo o abraço e fico muito grata pelas suas palavras, Clemente ( & Cia.De Teatro Atemporal).
Fiquei ENCANTADA. E faço questão de tê-los bem juntinho de mim. Minhas saudações a todos!

Fênix ( São Paulo / Capital / Zona Sul )

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo