"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

domingo, 17 de janeiro de 2010

Luzes do Natal na Paulista - Reflexões...


Vamos agradecer por podermos observar as coisas belas e encantadas e por nos deliciarmos com suas luzes e cores, neste exato momento...



Enquanto pudermos ter, criar e transmitir a doçura dos sonhos edificando o(s) espírito(s) e animando as fantasias - é porque estamos vivos e completos: quem amamos está conosco, somos saudáveis e livres para se dar o prazer de ir, apreciar, partilhar... Abusar dos bons verbos.








 

 


Quantos não chegaram até aqui?
Ou, quantos não chegaram por "inteiro"?

 
Vamos agradecer por estar num lugar seguro, por ter o privilégio de conectar a internet e ler um, dois, tantos sítios e blogues quiser, e ainda, ter a oportunidade de abraçar os filhos, os pais, o(a) namorado(a), a(o) esposa(o), os cachorros - quem quer que nos seja importante...
...E poder dizer Eu te amo! Este é o tempo: a hora de não deixar esquecer...


Num mundo onde crianças pedem macarrão com molho como presente de Natal, para si e para a família, nós não temos o direito de duvidar da felicidade...



Eu te amo, por lembrar de passar por aqui...
Fênix Cruz, janeiro de 2010.



Fotos: Luzes do Natal na Paulista - SP/Brasil/dez de 2009 - Reflexões...






Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo