"(...) -Como eu gosto de você?

Eu gosto de você do jeito que você se gosta".

O Mundo no Engenho... e o ENGENHO do Mundo

sábado, 23 de janeiro de 2010

CRISÁLIDA.



O espelho de Deus é turvo:
Não revela FORMAS -,
Reflete CONTEÚDOS...
Não despreza as normas
E por tão pura essência
Questiona os seus abusos...



Não toma a ROCHA como o MUSGO!


Ninguém deve ajudar na CRISÁLIDA:
Mesmo que a tarefa pareça árida.
O espelho de Deus é curvo!
Como o Universo não é PLANO
O TEMPO que o novo SER precisa,
Não carece de nossos enganos...


Nem tudo que  se afirma CRER
 LIBERTA o sentimento humano...


Toda METAMORFOSE é uma batalha
Pontuada de acertos e do que mais nos valha...



...De conhecimentos vários;
...De trajetos solitários:



Onde não funcionam os ATALHOS!

O espelho de Deus UNE o que se pensa DIFUSO...





Há quem não compreenda a “VIRGULA”;
Há quem reconstrua a VIDA dum “PONTO”...

A  NATUREZA insiste, resiste e pronto:
Irrompe as muralhas!


...E se desconhecemos o COMEÇO,
Sabemos que NADA  está CONCLUSO...


...Implacável, nos aponta as falhas
Que insistimos em fingir não TER:
Mas, o espelho de Deus mostra  para aquele que quiser ,
Que haverá outro amanhecer...



A  BELEZA de grandeza ABSOLUTA emudece:
Desarma o que a história preconceituosa tece...
Porque o espelho de Deus se traduz em todas as LÍNGUAS
Para aquele que renuncia às vaidades,
Pois que a fluidez do Mundo mina:
Destrói pétreas verdades!


...E se alguém ainda não ENTENDEU
Que o espelho de Deus não reflete a NOSSA própria imagem,
Que também NÓS poderemos ser BORBOLETA
E alçar voo para a LIBERDADE...
Será, mesmo, uma pena.
O casulo só se rompe
Para quem está disposto a seguir VIAGEM:
SER mais do que FORÇA, 


SER VONTADE!





Crisálida

Texto e imagens: Fênix Cruz /  foto 12: Wal (USP)

À Wal, Tailane e a todos os  seus AMORES tão ESPECIAIS quanto elas...

domingo, 17 de janeiro de 2010

Luzes do Natal na Paulista - Reflexões...


Vamos agradecer por podermos observar as coisas belas e encantadas e por nos deliciarmos com suas luzes e cores, neste exato momento...



Enquanto pudermos ter, criar e transmitir a doçura dos sonhos edificando o(s) espírito(s) e animando as fantasias - é porque estamos vivos e completos: quem amamos está conosco, somos saudáveis e livres para se dar o prazer de ir, apreciar, partilhar... Abusar dos bons verbos.








 

 


Quantos não chegaram até aqui?
Ou, quantos não chegaram por "inteiro"?

 
Vamos agradecer por estar num lugar seguro, por ter o privilégio de conectar a internet e ler um, dois, tantos sítios e blogues quiser, e ainda, ter a oportunidade de abraçar os filhos, os pais, o(a) namorado(a), a(o) esposa(o), os cachorros - quem quer que nos seja importante...
...E poder dizer Eu te amo! Este é o tempo: a hora de não deixar esquecer...


Num mundo onde crianças pedem macarrão com molho como presente de Natal, para si e para a família, nós não temos o direito de duvidar da felicidade...



Eu te amo, por lembrar de passar por aqui...
Fênix Cruz, janeiro de 2010.



Fotos: Luzes do Natal na Paulista - SP/Brasil/dez de 2009 - Reflexões...






sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Escrever ou ler é optar dentre as tantas possibilidades percebidas. De-me os signos que eu lhe decodifico a alma...



Related Posts with Thumbnails

Google+ Followers

FaceMundo